Curiosidades sobre Cães que provavelmente você não Sabia!

Thumb Curiosidades sobre Cães que provavelmente você não Sabia!

Eles são amados, cuidados e agora está na hora de entendê-los!

Os cachorrinhos são muito amados por todos nós. Geralmente, quando o adquirimos, fazemos uma breve pesquisa sobre sua raça, comportamento e as especificidades de seu porte. No entanto, algumas manias e costumes dos pets -que sempre achamos que era só isso- podem ser facilmente explicadas com algumas curiosidades sobre eles.

O olfato deles é bem mais apurado que o nosso 

Em média, 100 mil vezes. Nosso olfato possui 5 milhões de receptores olfativos, já o dos cães, podem atingir 300 milhões.

Audição

Este é um dos melhores sentidos sensoriais dos cães e permite que eles ouçam sons não audíveis pelos seres humanos. Este diferencial permite aos cães seguirem pista de presas e se comunicarem uns com os outros.

Eles são uma ótima ajuda para prevenir asma e resfriado

Estudos comprovam que, quando as crianças convivem desde cedo com os animaizinhos, são menos propensas a ter asma ou adoecer por conta de um resfriado. Isso acontece pois, graças ao contato do cão com a rua, e de ele estar aberto a bactérias, o sistema imunológico da criança cria anticorpos e a deixa mais resistente.

Visão

Quanto mais os olhos tendem para os lados da cabeça, mais os cães ficam inteirados do que ocorre à sua volta.

Quando comparado com os homens, os cães têm uma melhor visão de observação de todo o ambiente enquanto os homens têm mais noção de profundidade, porém com o campo de visão reduzido.

Cães também sofrem de depressão

Diferente do que os humanos pensam, muitas doenças caninas são similares às nossas, como é o caso da depressão. Os cães que ficam muito tempo sozinhos em casa, ou que não possuem momentos de atenção e lazer, são mais suscetíveis à doença. Outro manifestação da depressão dos cachorros, é quando estes têm alteração de ânimo conforme mudam as estações.

Comunicação

Os uivos são ruídos básicos que, normalmente, são emitidos por cães muito solitários e, provavelmente, tratam-se de um ruído para manifestar o desejo de uma companhia. Trata-se também de um ruído que contagia o grupo todo e, dessa forma, funciona como meio de comunicação a longa distância entre grupos diferentes. Apesar de normalmente não ouvirmos a resposta de um outro grupo distante de cães, é provável que a excelente audição do cão seja capaz de ouvir a resposta.

O uivo também é um som com algumas conotações sexuais. Os machos mantidos separados das fêmeas, que estes sabem estar no cio, podem uivar continuamente e elas podem responder da mesma maneira.

Finalmente, existem ainda outros sons emitidos pelos cães como: guinchos e grunhidos. Todos os sons têm algum significado na comunicação, sem que seja necessário associá-los a um determinado comportamento ou comportamentos.

Em algumas raças, a reputação de latirem excessivamente pode ser uma expressão de monotonia por serem impedidos de dar vazão à sua energia acumulada e a monotonia.

Marcando com o Cheiro

A urina dos cães apresenta substâncias químicas extremamente pessoais conhecidas como: feromônios. Os machos marcam seus limites e delimitam seus territórios com urina. Quando atingem a puberdade, os machos erguem a perna para urinar o que possibilita marcar postes e árvores. Os cães podem também arranhar o solo, deixando o cheiro das suas glândulas sudoríparas, fato importante no comportamento sexual.

Quanto ao fato da escolha dos lugares para a excreção, não são arbitrários. Uma vez determinado o lugar, é muito difícil mudá-los, pois estes são escolhidos através da associação com o olfato.

Portanto, é importante que os filhotes sejam supervisionados na sua excreção durante o período de treinamento doméstico para assegurar que o local de escolha não seja, por exemplo, o tapete da sala de visitas, pois depois de escolhido o lugar é muito mais difícil a sua mudança. Além disso, este local servirá de convite a todos os cães que vierem visitar a sua casa.

Eles se apaixonam

O mesmo hormônio (oxitocina) que faz seu cachorro te amar loucamente, também o faz se apaixonar.  Ele é o hormônio do amor, responsável também pela interação do cão com o mundo ao seu redor:  o dono, familiares e outros cães.

Será que são mesmo Carnívoros?

Os cães são classificados como carnívoros, assim como os lobos e tigres, caracterizados pela necessidade de comer grandes quantidades de nutrientes de origem animal como vísceras, carne e ovos. Isto está intimamente associado às várias características comportamentais, anatômicas e fisiológicas herdadas dos seus ancestrais como:

  • Glândulas odoríferas – importante na comunicação social e hierarquia dentro da matilha;
  • Comunicação corporal – os cães têm um sofisticado sistema de linguagem corporal como, por exemplo: orelhas de pé que é um sinal de alerta e posicionamento do rabo entre as pernas que pode indicar medo;
  • Pernas traseiras semi-rígidas – característica de caçador, pois necessitam de arranque e flexibilidade;
  • Audição apurada – mais uma característica de caçador, pois necessita de uma audição apurada tanto para perceber a presença da presa, quanto para localizar aproximação de predadores maiores;
  • Dentição – os dentes dos cães são totalmente adaptados para capturar, segurar e rasgar a presa;
  • Pés compactos – almofadas nas patas (coxins), dedos agrupados e garras expostas são também outras características de caçadores;
  • Olhos frontais – para melhor focalização da presa. Observe que herbívoros (normalmente presa dos carnívoros) têm olhos mais laterais quando comparados como os carnívoros, pois aqueles necessitam ter uma visão melhor do ambiente para não serem atacados;
  • Preferência por proteínas animais – certamente os alimentos com maiores quantidades de proteína animal são muito mais atrativos;

Portanto, não resta dúvida de que os cães preservam a grande maioria das características dos seus ancestrais carnívoros caçadores.

Eles suam

Sabe onde? Em suas patinhas. Suas glândulas sudoríparas são localizadas nos hipotênares de suas patas, por este movito ela, às vezes, possui um odor diferenciado. Sempre olhamos para os animaizinhos e pensamos “como eles não suam com todos esses pelos?”, aí está a resposta.

Os Cães Sonham?

É muito provável que os cães sonhem enquanto dormem, porém muitos estudos devem ser feitos ainda sobre o assunto. Pelo menos suas demonstrações de movimentos enquanto dormem transparecem que o fato realmente ocorre. Especialistas afirmam que os cães sonham com odores, já que este é o seu sentido mais apurado assim como os humanos sonham com imagens, já que a visão é o nosso principal sentido.

O focinho de seu cãozinho é único

Quem disse que eles não têm impressão digital? Têm sim! Seus narizes possuem ruguinhas e marquinhas incomparáveis – que nenhum outro cão possui igual. Ela é muito similar à nossa impressão digital, já que nenhuma é igual a outra.

Por quê os olhos dos cães Brilham no escuro? 

O fato dos olhos brilharem no escuro é devido a uma estrutura formada por células especiais que ficam dentro do olho e atrás da retina, e que têm a função de possibilitar aos olhos a absorção de toda a luz disponível no ambiente. Essa estrutura nos cães tem a cor amarelo esverdeado e essa é a cor que é refletida dos seus olhos quando iluminados.

A temperatura dos cachorros não é igual a nossa

Você sabia disso? Nosso corpo varia de temperatura entre os 35 e 37 graus Celsius. Os cachorrinhos, por sua vez, têm o alcance de variação por volta de 38 e 39. Sendo assim, quando você estiver naquele dia mais que abafado, com o ventilador voltado para o seu rosto, lembre-se de que seu animalzinho está sentindo ainda mais calor que você.

Os Cães Gostam de Músicas? 

Diversos cães reagem com prazer quando seus donos colocam uma música. Estilo de música mais calmo, como música clássica, convida-os a deitarem sossegadamente ao lado dos donos enquanto uma música mais agitada os fazem ficar mais aguçados e agitados. Os experts nestes assuntos afirmam que mais do que o estilo musical, o que desperta a atitude dos cães é a reação dos donos. Os cães são muito espertos na leitura corporal, ou seja, como nosso corpo reage quando escutamos música. Os cães às vezes podem ter preferências musicais, porém, provavelmente, estas estão muito relacionadas aos gostos e estado de espírito que desperta em seu dono.

Os cachorros nos entendem

Entendem não só o que você diz, mas também o jeito que diz, o tom e consegue até prever suas intenções. Você acha, muitas vezes, que ele se faz de desentendido, mas a realidade é que seu cãozinho está sempre atento ao que fala.

Envie seu comentário:

Você também pode gostar:



Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE