Escola bilíngue vale à pena?

Thumb Escola bilíngue vale à pena?

O estudo avançado de uma nova língua é crucial para o desenvolvimento de qualquer que seja o indivíduo que pensa em, no futuro, conhecer novas culturas e viajar para o exterior, valendo ainda lembrar que se trata de uma forma de se tornar um profissional ainda mais requisitado no mercado de trabalho, uma vez que ele tem diminuindo ainda mais as fronteiras externas e se unificado, atendendo clientes e potenciais investidores para as empresas advindos de diferentes nacionalidades, e ter trabalhadores que falem mais de uma língua, ou até mesmo duas, facilita os processos.

As escolas bilíngues trabalham com o estudo de duas línguas na alfabetização das crianças bem pequenas, ajudando eles a conhecerem novas culturas e formas de ver o mundo desde a infância. Mas, será mesmo que estas escolas bilíngues valem à pena?

Será que ajudam de verdade as crias, ou chegam mesmo a atrapalhar o estudo da língua mãe? Quer saber a resposta para estas perguntas?! Então continue com a gente na leitura deste post e tire todas as suas dúvidas a respeito!

A educação bilíngue

A educação bilíngue é uma forma de fazer com que o estudo de novas línguas seja familiarizado nas pessoas desde a infância, e assim as dificuldades em conseguir aprender um novo idioma se tornam mais distantes ao longo do tempo.

Quanto mais idiomas uma pessoa consegue aprender maiores são as interações que ela pode ter com o mundo e ainda a sua intelectualidade, aguçado o cérebro do indivíduo e trabalhando de uma forma completa as suas funções cognitivas.

Na educação bilíngue as crianças tem a oportunidade de estudar no processo de alfabetização não só a sua língua natal, mas também alguma outra. Atualmente a linguagem mais usada em comum com o estudo do português nas escolas brasileiras é o Inglês, uma vez que ela é considerada uma linguagem universal e usualmente trabalhada nas relações internacionais.

Estudo diferenciado

O estudo se torna ainda mais diversificado, diferenciado e dinâmico. O aluno que tem um aprendizado bilíngue consegue aumentar o seu QI á medida que desenvolve o sistema cognitivo, como percepção, memória, juízo, raciocínio, entre outros. Se tornando, dessa forma, um adulto com alta capacidade de absorção e aplicação de conhecimento, como também um profissional de sucesso.

Opinião de especialistas a respeito

Para os profissionais fonoaudiólogos, a criança que aprende dois idiomas ao mesmo tempo tem a oportunidade de compreensão do mundo de diferentes facetas, dispondo de mais ferramentas para entender culturas diferentes, sendo menos crítico em relação ao que diz respeito ao próximo e aceitando com mais facilidade mudanças bruscas, sabendo se adaptar ao meio. O estudo de dois idiomas se torna, dessa forma, altamente importante e necessário, na medida das possibilidades educacionais da região.

Qual a melhor idade para iniciar?

A melhor idade para iniciar o filho nos estudos bilíngues é entre 6 meses a 4 anos de idade. Nesta etapa de vida as crianças estão desenvolvendo uma janela de novas oportunidades no cérebro, quando o assunto é o circuito relacionado a aquisição da linguagem, sendo assim se torna mais fácil aprender mais de um idioma a partir do momento que os neurônios são estimulados e estabelecem novas conexões e especializações.

Envie seu comentário:

Você também pode gostar:



Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE