Guia Inicial do Jejum Intermitente.

Thumb Guia Inicial do Jejum Intermitente.

Você já imaginou como seus ancestrais se alimentava?

Inicialmente quero propor uma reflexão, nas aulas de história provavelmente você estudou bastante sobre os primitivos, se lembra como eles se alimentavam? Eles caçavam e conseguiam seus alimentos sem muitas refeições ao dia. Agora vamos pensar na colonização do Brasil, os escravos não tinham direito de se alimentar como os seus donos. E mais uma vez, deparamos com o fato do nossos antepassados se alimentar quando dava. Você pode observar que, nos dois exemplos citados as horas de jejum eram extensas e, eles sobreviviam, ou melhor os fortes sobrevieram.  Afirmo isso pois, a nossa existência se dá pela força dessas pessoas de se adaptar ao meio. Sim a prática de jejum é milenária a séculos pessoas praticam jejum para sobreviverem. Exemplo comum e próximo, regiões Brasileira que enfrentam períodos prolongados de seca. Será que essas pessoas têm direito ao café da manhã, almoço, jantar e os lanches? Creio que não.

A prática de se alimentar

Após essa breve reflexão, vamos falar sobre essa pratica nos dias atuais, onde se alimentar quer dizer comer de 3 em 3 horas. Quem institucionalizou isso? A modernização, os seus avôs ou bisavôs não se alimentava como você, eles provavelmente   comiam o que plantavam ou trocavam. Mais hoje é diferente a indústria proporciona, alimentos para diversas refeições como: Biscoitos, pães, embutidos que acompanham o pão no café da manhã, arroz, feijão, macarrão entre outros no almoço, e no dia. E a alimentação desregrada e incorreta vem se acumulando no nosso corpo. Sim, as famosas gorduras. Mas com uma alimentação correta, e um bom estilo de vida você é capas de utilizar os benefícios da indústria.

Praticar Jejum Intermitente se Tornou um ato de Saúde

Como você viu a pratica de jejuar é bem antiga, no Brasil ela se tornou mais adotada no período de 2016. Porém em 2012 já se ouvia dizer, pois naquele ano um jornalista Britânico Michael Mosley publicou o seu documentário. Eat, Fast and Live Longerou traduzido (Coma, jejue e viva por mais tempo). Este homem utilizou da prática de jejuar e conseguiu alcançar a perda de peso desejada. Assim como diversas atrizes brasileiras e internacionais, algumas como Beyoncé passam 20 horas de jejum. E alcança o corpo desejável. Muitos buscam o jejum intermitente para emagrecimento, mais diante dessa procura, foram iniciadas estudos que comprovem os benefícios do jejum.  Já possuí dados que, além da rápida perda de peso o jejum, previne doenças vasculares, diabetes, câncer e o envelhecimento.  Mais vale lembrar que, jejuar não é difícil porém, quando volta a se alimentar tem que ser de forma consciente.

Como Fazer o Jejum Intermitente.

Existe diversas formas de se fazer o jejum intermitente, porém deve respeitar cada protocolo próprio.  O jejum intermitente funciona da seguinte maneira: Primeiramente, passar um determinado tempo sem se alimentar, e abrir uma “janela” de alimentação, ou seja, nesse momento você se alimenta. A princípio, parece fácil porém, é nesse momento que há erros. Quais são esses erros? Vamos lá, o primeiro deles é, após longas horas de jejum comer fontes simples de carboidrato como, pão. Irá comprometer as horas de jejum, o conveniente é, ao se alimentar após o jejum, utilizar fontes de: Carboidratos complexos, acompanhado por proteína e muitos vegetais. É nesse momento que entra a low carb, a utilização dessa dieta após o jejum irá te livrar do erro. Por isso, é necessário você mudar os hábitos alimentares, seja para low carb ou não.

Foto de um prato e um copo vazio.

 Ao final desse artigo você terá algumas dicas de alimentos para utilizar na “janela” do jejum.

1)      Jejum Intermitente de 12 horas:

Para quem está iniciando, é recomendado que comece pelo de 12 horas e, conforme o corpo for acostumando aumente o tempo de jejum. Como funciona? Em 24 horas você terá 12 horas para se alimentar e 12 horas para jejuar. É interessante associar as horas de sono com as 12 horas de jejum. Por exemplo, você pode jantar antes das 19:00 horas e iniciar o seu jejum e as 07:00 horas da manhã finalizar. De acordo que for se acostumando mude esse horário para o dia, como: Inicie o jejum após as 23:00 horas e abre a “janela” de alimentação após as 11:00 horas. Assim por diante, até se sentir à vontade para aumentar as horas de jejum. Durante qualquer jejum, você deve ingerir água (com ou sem gás), também pode utilizar chás e café sem açúcar.

2)      Jejum Intermitente de 16 horas:

Se você está bem com as 12 horas de jejum, isso significa que está na hora de aumentar o tempo de jejum. Em seguida comece o jejum de 16 horas, que não é muito diferente. Você ficará 16 horas de jejum e 8 horas na “janela” de alimentação, podendo associar o jejum a noite de sono. Por exemplo: Você inicia o seu jejum as 19 horas, dorme e pode se alimentar 11 horas da manhã.  Com um almoço completo e balanceado.  De acordo que for se acostumando inicie mais tarde e termine após o almoço o seu jejum.   Lembrando que jejum intermitente não é algo que se faz todos os dias o aceitável é até 3 vezes na semana.

3)      Jejum Intermitente de 24 horas:

Então, de acordo que seu corpo vai se acostumando as horas de jejum, mais fácil será adicionar mais horas. Sendo assim, se você completou 16 horas de jejum e sente-se bem tá na hora de começar o de 24 horas. O de 24 horas sem se alimentar não tem muito mistério, você se alimenta preferencialmente a noite exemplo as 19 horas de um dia e só retorna 19 horas do próximo dia. Porém, é válido lembrar que nesse jejum o recomendado é que se faça apenas 2 vezes na semana.

4)      Jejum Intermitente de 36 horas:

Primeiramente, o jejum de 36 horas não é recomendado para cidadão comum, apenas pessoas que realmente necessitam desse período. E só deve ser feito, com prescrição de um profissional qualificado de saúde e alimentação. Pois é um longo período e o corpo pode sofre alterações metabólicas.

Esses são os tipos de jejum mais utilizados, porém é válido reforçar que apenas quem já mudou a dieta pode praticar jejum intermitente.

Como Alterar a Composição Alimentar?

Com dito anteriormente, para começar a prática de jejuar é necessário que seu corpo esteja pronto. Diante disso, você precisa saber que, o primeiro passo é retirar o açúcar dos alimentos. O recomendado é que inicie de forma moderada, nos primeiros dias, reduz a quantidade até não necessitar mais de açúcar. Segundo passo é, diminuir gradativamente até eliminar por completo carboidratos simples. Terceiro passo é tentar substituir a alimentação tradicional por uma alimentação rica em proteínas e pobre de carboidratos.  Estando praticando essas medidas há pelo menos 2 semana, você estará pronto para iniciar um jejum. Comece pelo menor tempo sempre, e se possuir algum tipo de problema na saúde procure um especialista.

Jejum Intermitente é Contraindicado Para:

Mulheres grávidas, ou que estejam amamentando, para crianças, adolescentes e idosos, pessoas com câncer. Porém se você tem alguma outra complicação, procure um nutricionista para que você possa fazer de forma segura o jejum.

Benefícios do Jejum Intermitente Para a Saúde.

Foto de uma mulher com o abdome definido.

Acelera o metabolismo e aumenta a queima de gorduras (pois essas serão, usadas como fonte de energia) auxiliando no emagrecimento.  Diminui a compulsão alimentar pois você não terá vontade de comer e sim fome. Aumenta a saciedade, melhora a concentração e raciocínio. Reduz a resistência à insulina, reduz o processo inflamatório, reduz o mau colesterol. Previne multiplicação de células defeituosas assim como alguns tipos de câncer. Entre outros diversos benefícios.

Como se Alimentar após o Jejum Intermitente.

Se você chegou ao final desse artigo e quer fazer parte do jejum intermitente anota ai uma lista poderosa de alimentos. Que irá te auxiliar no jejum, de forma que aumentara sua saciedade e diminuirá o ganho de peso. Antes de tudo não quebre o jejum intermitente e não ultrapasse as horas de jejum que está sendo feita. Se, você está fazendo de 12 horas de jejum não fique 13 horas, cumpra com o inicial proposto. Chegou a hora da janela de alimentação, pare tudo que está fazendo e sente-se e faça uma refeição saudável.

Lista de Alimentos para Utilizar na Janela do Jejum Intermitente.

Gordura Boas:

Peixes como salmão, atum, sardinha, peixes de água doce, abacate, azeite, óleo de coco, castanhas, nozes, linhaça, e suplementação de ômega 3.

 Proteínas:

Carnes vermelhas magras, frango sem pele, queijo branco, leite desnatado, ovo.

 Fibras:

Farinha de linhaça, farinha berinjela, de banana verde, de maracujá, aveia, kefir, entre outros.

Legumes/ Vegetais e Frutas:

Utilize o máximo que conseguir. E se preciso for suplemente vitaminas e minerais.

Acima de tudo leve uma vida saudável e livre do que te faz mal, faça exercício físico, se alimente de forma correta. E viva 100 anos fazendo aquilo que te faz feliz.

Envie seu comentário:

Você também pode gostar:



Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE