Melhores motos para viagens

Thumb Melhores motos para viagens

Para nós que amamos as 2 rodas, viajar com uma então é a realização de um sonho!

Quem deseja uma moto para viajar procura por um modelo que consuma pouco combustível, que tenha uma boa autonomia, que seja leve, que tenha o motor potente e ande bem tanto nas estradas de terra quando nas de asfalto.

Eu amo pilotar tenho uma FatBoy 1.600 e curto viajar com ela, mas sabemos que tem motos específicas para cada trecho e vou procurar explorar um pouco cada uma que pesquisei aqui.

São tantas características que posso afirmar que não existe um modelo perfeito para todas as ocasiões, pois a escolha da moto depende do tipo de viagem que você fará.

Pensando nisso, reuni aqui os modelos que encontrei indicados como melhores companheiras de estrada em uma viagem!

Touring: estabilidade com mais capacidade de carga

Independentemente da estação do ano, as viagens mais longas podem ser feitas com uma moto touring. Ela é grande, consegue suportar bastante carga, leva até duas pessoas (contando com o piloto) e tem um tanque de combustível maior, proporcionando mais autonomia.

Graças ao seu sistema elétrico de maior capacidade, a moto touring consegue fornecer energia para as roupas com aquecimento, o que torna a viagem mais confortável, independentemente da temperatura.

Por serem mais largas e mais pesadas, esse tipo de moto possui uma performance inferior em relação aos outros tipos de motocicletas para viajar. Em compensação, destaca-se nos quesitos velocidade e estabilidade na pista.

Sport touring: versatilidade com pegada mais esportiva

A versatilidade é a grande característica das motos do tipo sport touring. Alguns modelos dessa categoria são feitos pensando em viagens, por isso apresentam o para-brisas mais alto e o assento em uma posição que ofereça mais conforto para o piloto.

Big trail: potência e conforto para ganhar o mundo

As motos big trail são mais versáteis e encaram todos os tipos de terreno, da terra ao asfalto. Entre as suas vantagens, podemos apontar a ampla compatibilidade em relação aos acessórios de viagens.

Mais acessíveis financeiramente do que as touring e mais versáteis em relação ao tipo de estrada que pode encarar, as big trail são conhecidas por sua pegada mais aventureira.

Cruisers: praticidade e estilo sobre duas rodas

Por terem os seus assentos mais próximos ao chão, as cruisers fazem sucesso com os pilotos de estatura mais baixa e aqueles que não gostam do tamanho das demais categorias.

A altura do assento das motos cruisers permite que o piloto consiga encostar os pés no chão com mais rapidez, além de facilitar o embarque e o desembarque de passageiros.

A equipagem das motos cruisers para viagens pode ser feita com rapidez, pois os modelos são compatíveis com vários acessórios. Da mesma forma, alguns modelos dessa categoria já chegam ao mercado com esses equipamentos. As cruisers são adaptadas às estradas graças ao motor potente e à suspensão moderna.

Standard: facilidade para adaptar-se a cada tipo de destino

Você pode usar as motos do tipo standard em diversas situações: do trajeto do trabalho até uma viagem mais longa. A capacidade de adaptação das standard é impressionante, pois, apesar de básicas, elas podem ser otimizadas de acordo com o tipo de uso que o piloto deseja.

É possível colocar nela um banco do tipo touring, para-brisas mais alto, bagageiros e até encosto para o garupa.

Conheça os 5 modelos de motos mais confortáveis

Agora que você já conhece quais os tipos confortáveis de motos para viajar, falaremos de alguns modelos muito bem-aceitos pelo público. Confira, a seguir, uma análise das 5 motos que se enquadram em alguns dos tipos já apresentados.

Harley-Davidson Electra Glide Ultra Limited

A Electra Glide é a melhor opção para quem vai levar um carona. Isso se deve à existência de um amplo assento traseiro elevado que coloca o segundo ocupante em posição privilegiada.

Como se não bastasse a amplitude do banco, ainda existe um apoio cervical nesse assento do carona, o que torna mais fácil qualquer viagem de longa distância.

Entre outras características, a Electra tem uma capacidade de carga incrível. Ela vem equipada com dois bauletos laterais que eliminam a necessidade de carregar mochilas.

Além disso, podemos destacar os seguintes pontos: sistema de áudio com quatro alto-falantes, plataforma integral para os pés e intercomunicadores.

Triumph Rocket III

A Triumph Rocket III é conhecida como o caminhão de duas rodas inglês. E não é para menos! São 367 quilos e o maior motor feito em série em todo o mundo, que é o tricilíndrico V8 de 2,3 litros.

Todo esse tamanho confere grande estabilidade nas estradas, sendo que o funcionamento de um motor tão potente não provoca trepidações.

As qualidades da Rocket não se limitam à sua robustez. A posição de pilotagem, por exemplo, é excelente! O banco é macio e confortável, enquanto o guidão é bem largo, favorecendo quem tem braços compridos.

Honda Gold Wing

O ponto forte da Honda Gold Wing é o tamanho do bagageiro. São incríveis 150l de capacidade para acomodar toda a sua bagagem e de quem mais for te acompanhar.

A última versão traz ainda uma novidade: controle remoto para abrir e fechar a tampa do bagageiro — o sistema avisa caso a tampa não tenha sido fechada corretamente.

O sistema de freios também é o mais moderno da categoria. Além do ABS, que evita o travamento das rodas, ela vem equipada com o sistema combinado de frenagem (DCBS). Esse conjunto proporciona a realização de frenagens de emergência em pisos irregulares ou com pouca aderência.

Não podemos deixar de falar também dos seguintes itens que tornam a Gold Wing uma excelente opção para quem gosta de viajar: airbags, piloto automático e sistema de som surround com conexão para iPod.

BMW R 1200 GS Adventure

A BMW R 1200 é o modelo da marca mais vendido do mundo. O principal atrativo desta motocicleta é a sua grande vocação para o off-road. Isso se deve, principalmente, às suspensões eletrônicas dinâmicas com ajustamento eletrônico automático.

Embora o desempenho da BMW R seja excelente na terra, isso não quer dizer que no asfalto ela vá te deixar na mão. Uma roldana presente no punho esquerdo permite uma infinidade de ajustes da suspensão.

Dessa maneira, você poderá encontrar a melhor combinação para o seu modo de pilotagem no asfalto.

Kawasaki Versys Tourer

O habitat natural da Versys Tourer é, sem dúvidas, a estrada. Com um torque impressionante do motor, ela possibilita muito conforto em baixas rotações. Ou seja, é uma ótima opção para quem gosta de admirar a paisagem durante longas viagens.

A Versys Tourer traz tudo aquilo que uma boa “estradeira” deve ter: câmbio de 6 velocidades, freios ABS, grande bagageiro, conjunto de suspensão versátil etc. Somado a essas características, temos o quesito economia. A Versys faz 19 km por litro de gasolina. Nada mal para uma moto desse porte!

E aí, já decidiu quais são as melhores motos para viajar? Compartilhe este conteúdo em suas redes sociais e divida essas dicas com outras pessoas!

Envie seu comentário:

Você também pode gostar:



Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE