Mensagens de Amor aos Animais

Thumb Mensagens de Amor aos Animais

1 – Recado de São Francisco de Assis para você que perdeu seu amiguinho

Sei que lágrimas de dor vertem agora dos teus olhos, dia em que teu cão se foi, e se afastou de ti e se aproximou de Deus. Todavia, dou-te uma nota feliz neste dia tão triste: jamais Deus teria sido injusto com os animais! Por isso, não importa quem está nascendo ou morrendo, há sempre alguém chamando por ti; então VIVA!
Agora mesmo, neste exato instante em que choras, teu anjo amado segue e evolui… Brilha na imensidão do espaço e volta, manso e feliz ao aconchego das almas!
Com tua mania racional, teimas em duvidar, mas nada importa, senão continuar a VIVER!
As hostes dos Anjos e Francisco cuidam das luzes em pelos e preparam suas patas para uma nova vida.
Enxuga teu rosto e acredita! Fizeste a parte que te cabe no mundo…Um sonho jamais termina num último miado, nem se pode calar os latidos de um dia.
Então podemos crer novamente…VIVA!
É que o Criador adora suas crias!
E deixa que elas permaneçam sempre vivas na memória dos que ficam…
Elas cumpriram com o seu Divino mandato: AMAR-TE !

2 – Poema “Eu sou seu cão”.

“Eu sou aquele que te espera.
O teu carro tem um som especial e eu posso reconhecê-lo entre mil.
Os teus passos tem um timbre de magia, eles são música para meus ouvidos.
A tua voz é o sinal maior do meu momento feliz. E às vezes TU nem precisas falar…
Eu ouço a tua tristeza, eu sinto a tua alegria. Como isso me faz feliz!
Eu não sei o que é cheiro bom ou mal. Só sei que o teu cheiro é o melhor.
De algumas presenças eu gosto. De outras, não! Mas a tua presença é a que movimenta os meus sentidos.
Tu acordado me despertas. Dormindo és meu Deus em repouso. E eu velo teu sono. Teu olhar é um raio de luz quando percebo teu despertar.
As tuas mãos sobre mim tem a leveza da Paz. E quando TU sais, tudo é vazio outra vez…
Eu volto a esperar sempre e sempre.
Pelo som do teu carro.
Pelo teus passos, pela tua voz.
Pelo teu estado às vezes inconstante de humor.
Pelo teu cheiro.
Pelo teu sono sob minha vigília.
Pelo teu olhar, pelas tuas mãos.
Eu sou feliz assim… EU SOU TEU CÃO.”

3 – Lindo e triste, poema “Solidão de Natal “

Sempre vivi na rua, fui arrancada de minha mãe e atirada num valão para morrer. Não compreendo porque sobrevivi. Passei um ano sozinha, catando comida em lata de lixo, sendo enxotada por pés cruéis, agredida por mãos vis. Um dia, por acaso, conheci meu companheiro de infortúnio. Nos apaixonamos. Tive oito bebês, lindos. Todos estão mortos. Meu marido morreu atropelado em novembro, dia quinze. Era um cão feio, mas muito carinhoso. Ajudava-me muito, procurando comida por toda parte e o que encontrava, sempre trazia para nós. Morreu pelas mãos de um grupo de adolescentes humanos, que se divertiu jogando álcool e ateando fogo em seu corpo frágil e magro.

Sozinha, tentei criar nossos filhotinhos. Dois foram atropelados por um carro em alta velocidade: três morreram de cinomose, um foi espancado por uma menina que se irritou com sua presença minúscula e delicada e os outros dois foram trucidados por um homem que não aceitou quando entraram em sua casa para pedirem comida.
Estou só.
Arrasto meu corpo cansado pelas ruas, rezando para que um carro me atropele. Mas o meu suplício não tem fim… Hoje é Natal, a noite foi marcada por fome, tiros e explosões de fogos de artifício. Meus ouvidos estão latejando, vi tantos cães perdidos vagando nas ruas… A tristeza está tomando conta de mim.
Não tenho mais esperança.
Meu marido sempre dizia que a esperança é a última que morre.
A minha morreu antes.
É Natal. Espero que o seu seja melhor que o meu.

4 – Poema “Sabedoria Canina,”, muito fofo!

Já se imaginou agindo com a sabedoria canina? A vida teria uma perspectiva mais amistosa.
Tente:
Nunca deixe passar a oportunidade de sair para um passeio.
Experimente a sensação de ar fresco e do vento na sua face por puro prazer.
Quando alguém que você ama se aproxima, corra para saudá-lo (a).
Quando houver necessidade, pratique a obediência.
Deixe os outros saberem quando invadiram o seu território.
Sempre que puder tire uma soneca e se espreguice antes de se levantar.
Corra, pule e brinque diariamente.
Coma com gosto e entusiasmo, mas pare quando estiver satisfeito.
Seja sempre leal.
Nunca pretenda ser algo que você não é.
Se o que você deseja está enterrado, cave até encontrar.
Quando chamar a atenção, deixe alguém tocá-lo.
Evite morder quando apenas um rosnado resolve.
Nos dias mornos, deite-se de costas sobre a grama.
Nos dias quentes, beba muita água e descanse todo o seu corpo.
Alegre-se com o simples prazer de uma caminhada.

Não importa quantas vezes for censurado, não assuma a culpa que não tiver e não fique amuado…, corra imediatamente de volta para seus amigos.
Quando alguém estiver passando um mau dia, fique em silêncio, sente-se próximo e, gentilmente, tente agradá-lo.
Autoria: Desconhecida.

Envie seu comentário:

Você também pode gostar:



Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE